Pesquisar este blog

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

O Verbo de Deus e o Calvário.

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."
João 3:16

LENDO ATENTAMENTE a Palavra de Deus pude observar e ficar maravilhado com a concordância em tudo o que foi escrito, mesmo sendo os livros escritos por diversos autores e com diferença de centenas de anos entre o primeiro e o último em diferentes lugares com enormes diferenças econômicas bem como, cultural. Encontramos nela os escritos do homem mais sábio, que foi Salomão e encontramos também os escritos de um lavrador de terra de nome Amós.
Por do Sol
Escritos de pescadores, reis, doutores, jovens e anciãos. Tal concordância somente se explica quando levamos em consideração o que o próprio Deus fala a respeito de sua Palavra e da origem dela.
"Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." Hebreus 4:12
"E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça, e a estrela da alva apareça em vossos corações. Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo." 2ª Pedro 1:19-21

MARAVILHOSAMENTE, com tantos feitos poderosos de Deus, tanto no Velho Testamento quanto no Novo, observamos que Ele não coloca como mensagem central, a nenhum dos seus grandes feitos, mas converge numa concordância perfeita e maravilhosa para a pessoa de Jesus Cristo, e chegando em Jesus Cristo, também não coloca como mensagem central a nenhum milagre realizado por Ele e nem mesmo o seu nascimento, sob obra e virtude do Espírito Santo, mas aponta objetivamente para o Calvário. Davi, pelo Espírito Santo, anteviu o desenrolar dos acontecimentos do calvário conforme podemos ler no Salmos 22 ou 21 se sua bíblia for de edição católica.
Quando o homem, na sua religiosidade, perde a visão do calvário ele fica frustrado, pois ele perde a visão de Deus que nos manda olhar para o seu Filho Jesus, autor e consumador da fé.

O PRINCÍPIO E O FIM
A bíblia começa com o calvário já no livro de Gênesis e termina com o calvário em Apocalipse.
No Gênesis Deus substitui a vestimenta de folha de figueira providenciada pelo homem, matando um animal e usando a pele dele para cobrir o homem e a mulher. O animal morto é o tipo do Cordeiro de Deus, Jesus Cristo. Gênesis 3:7 e 21.
No Apocalipse, quando todos os remidos já estarão de vestes brancas e puras Ele, ainda estará com suas vestes salpicadas de sangue. Apocalipse 19:8,13 e 14.

A VISÃO ESPIRITUAL DO APÓSTOLO JOÃO
Podemos dizer que o coração da bíblia é o livro de João o discípulo amado, com atenção especial para João 3:16 "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."
O Apóstolo João deixa de lado o aspecto histórico, ele nem sequer aborda o assunto tão importante, humanamente falando, que foi o nascimento de Jesus, mas vai fundo e profundo no pensamento de Deus. 
Começa seu livro indo antes do Gênesis, sendo que até parece uma cópia daquele “NO PRINCÍPIO...”
"NO princípio criou Deus os céus e a terra." Gênesis 1:1.
"NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. ... E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade." João 1:1-3 e 14

A diferença maravilhosa que vemos ai é que o “no princípio” mencionado em Gênesis é depois do “no princípio” mencionado por João, pois a criação aconteceu depois do VERBO PALAVRA, e tudo o que foi feito e criado foi feito e criado pelo VERBO PALAVRA; o VERBO JESUS que se fez carne e habitou entre nós.
João ainda fala sobre o assunto mais tarde em sua carta no capítulo 1, conforme podemos ler nos versos abaixo.
"O QUE era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida." 1ª João 1:1-2

OS GRANDES FEITOS DE DEUS e O CALVÁRIO
Deus, com os seus grandes feitos, tais como, a criação, a travessia do Mar Vermelho, as vitórias dos patriarcas e reis nas inúmeras guerras, os milagres realizados pelos profetas, todos os milagres realizados por Jesus, a ressurreição de Lázaro, o seu nascimento miraculoso de uma virgem, sob obra e virtude do Espírito Santo, nada disso, nenhum desses feitos e acontecimentos pode remir e salvar nem uma alma sequer. A salvação do homem, “todos pecaram”, está no próprio Deus, ligada diretamente ao calvário, lugar da substituição, lugar da morte do único justo, lugar da morte do CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO.
"No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo." João 1:29

E DIGO MAIS: O Calvário é o  lugar da morte do Cordeiro de Deus tirando o meu pecado, tirando o pecado de todo aquele que com sede se voltar para Ele e crer nEle para a vida eterna.
Ali no calvário, SÓ ELE e ELE SÓ, abandonado por todos, envolvido pelas três horas de trevas e sofrendo o momentâneo desamparo do Pai, para que nós, “todos os que nEle crêem”, fossemos amparados.
"Eis que chega a hora, e já se aproxima, em que vós sereis dispersos cada um para sua parte, e me deixareis só; mas não estou só, porque o Pai está comigo." João 16:32

O SINAL DE JOÃO O BATISTA
O maior dos nascidos de mulher, nas palavras do próprio Senhor Jesus, João o Batista, “a voz do que clama no deserto”, deixou o conselho:
- Saiamos todos da frente, saia o ego e saiamos do ego, saia a religião de aparência, pois o machado vai cortar pela raiz e agora é somente ELE, O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO, sem precisar de velas, de missas, orações pós morte, de cruzes, de qualquer outro objeto ou da ajuda de qualquer outra pessoa, pois todos os que creem nEle, são salvos nEle, por Ele e para Ele. Bendito seja Deus. E “É necessário que ele cresça e que eu diminua.” João 3:30

"E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." Mateus 3:10

"Quem é de Deus escuta as palavras de Deus..." João 8:4