Pesquisar este blog

quinta-feira, 25 de abril de 2013

As Setentas Semanas de Daniel - 3ª Parte

"No princípio das tuas súplicas, saiu a ordem, e eu vim, para to declarar, porque és mui amado; considera, pois, a palavra, e entende a visão. Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniquidade  e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo. Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos." Daniel 9:23-25.

"Também contarás sete semanas de anos, sete vezes sete anos; de maneira que os dias das sete semanas de anos te serão quarenta e nove anos." Levítico 25:8.


Pelos livros dos profetas Daniel que estava no cativeiro babilônico ficou sabendo e de forma literal como podemos ver no livro do Profeta Jeremias  que a duração do cativeiro seria de setenta anos. Tal profecia se cumpriu
A Terra esta armada, segura e protegida!
 Ela está armada e protegida
CONTRA QUEM?
literalmente, pois o cativeiro babilônico foi de exatos 70 anos, em razão da queda daquele império e tiveram inicio com a volta de Esdras a Jerusalém por volta do ano 457 a.c.

Assim, com orações e suplicas ao Senhor seu Deus e Deus de Israel, Daniel ora por si mesmo, pelo seu povo e pela sua santa cidade Jerusalém e o Senhor seu Deus, o Todo Poderoso, vê e ouve a Daniel e lhe faz promessas e lhe fala sobre o fim dos tempos e em linguagem já conhecida pelos judeus,  fala das Setenta Semanas que estariam determinadas sobre o seu povo e sobre sua santa cidade.


Esta profecia de Daniel a respeito de Israel e de Jerusalém é fundamental para os últimos tempos. A palavra traduzida por "semanas" significa aqui, uma unidade numérica de sete anos; portanto, "setenta Semanas" equivalem a um período de 490 anos.
Deus revelou a Daniel que sessenta e nove períodos de sete anos, somando portanto 483 anos, transcorreriam entre a data da ordem para reconstruir Jerusalém  e a vinda do Messias, o Ungido. Tal ordem foi dada pelo Rei Ciro por volta do ano de 457 a.c., quando Esdras volta para Jerusalém e começa sob muita perseguição a a reconstrução dos muros.
"Porque assim diz o Senhor: Certamente que passados setenta anos em Babilônia, vos visitarei, e cumprirei sobre vós a minha boa palavra, tornando a trazer-vos a este lugar." Jeremias 29:10.

O Deus Todo Poderoso, começa a agir -

O Profeta Daniel estava lá na Babilônia servindo ao Rei Ciro e viu "a boa palavra de Deus", de que falara  o Profeta Jeremias se cumprindo  sobre o seu povo de Israel e sobre sua santa cidade. Aleluia.

O senhor começa a agir em favor de seu povo de Israel e o Rei Ciro diz que recebeu a incumbência da parte do Senhor Deus dos céus, para edificar o templo do senhor em Jerusalém de Judá. Quando e no momento que o Senhor Deus age é assim que acontece com o seu povo; E nada, nem o maior e mais poderoso homem  da terra pode impedir. Aleluia. Glórias a Deus.

"Porém, no primeiro ano de Ciro, rei da Pérsia (para que se cumprisse a palavra do Senhor pela boca de Jeremias), despertou o Senhor o espírito de Ciro, rei da Pérsia, o qual fez passar pregão por todo o seu reino, como também por escrito, dizendo:

Assim diz Ciro, rei da Pérsia: O Senhor Deus dos céus me deu todos os reinos da terra, e me encarregou de lhe edificar uma casa em Jerusalém, que está em Judá... 

Quem há entre vós, de todo o seu povo, seja seu Deus com ele, e suba a Jerusalém, que está em Judá, e edifique a casa do Senhor Deus de Israel (ele é o Deus) que está em Jerusalém. E todo aquele que ficar atrás em algum lugar em que andar peregrinando, os homens do seu lugar o ajudarão com prata, com ouro, com bens, e com gados, além das dádivas voluntárias para a casa de Deus, que está em Jerusalém."   2ª Crônicas 36:22-23/ Esdras 1:1-4.



Passados exatamente Sessenta e Nove Semanas ou 483 anos, conforme está escrito nos Santos Evangelhos, João o Batista aparece no deserto da Judeia apresentando o Cordeiro Ungido Cristo e Filho Unigênito de Deus e Messias de Israel. Aleluia! Bendito é o nome do Senhor!

"No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo." João 1:29.

"... eu saí, e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas ele me enviou... Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou... Saí do Pai, e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo, e vou para o Pai." João 16:28.

"E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias..." Daniel 9:26.
As Sessenta e Duas Semanas mais as Sete Semanas somam Sessenta e Nove Semanas e aí vai faltar uma a Septuagésima Semana, para que "seja selada a visão e a profecia" e  "venha a Justiça Eterna". Amém
Falta a última semana de anos, sobre o Povo de Israel e sobre Jerusalém. O Senhor Deus Todo poderoso está no controle de tudo. Nada lhe escapa.  E assim como a primeira semana de anos começou com a ordem para a reconstrução dos muros em tempos angustiosos; Também a última semana vai encerrar em tempos muito angustiosos a grande tribulação.
E Raquel chora por seus filhos...

"E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos. E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco. Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir." Atos 1:9-11.

Links:


terça-feira, 23 de abril de 2013

"Mulher, estás livre da tua enfermidade."

"Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos." Oseias 6:6.

A bíblia apresenta o Deus Eterno e Criador que se fez Salvador em seu filho Jesus; Mostra que ele é rico em bondade e misericórdia e que o seu cetro é de 

Você é muito importante para Deus!
justiça e de equidade. 
"O teu trono, ó Deus, é eterno e perpétuo; o cetro do teu reino é um cetro de equidade." Salmos 45:6.

O Senhor é exaltado por sua bondade e justiça.
"Proferirão abundantemente a memória da tua grande bondade, e cantarão a tua justiça." Salmos 145:7

Como conciliar bondade e justiça?
O Rei Davi disse  nos Salmos: "Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele confia." Salmos 34:8.

Por sua bondade e misericórdia a Sua Maravilhosa Graça em Cristo Jesus foi manifestada e estendida a todos os homens e o Caminho do Céu foi aberto naquela carne santa e pura e a obra de reconciliação foi consumada  no calvário. O véu da Lei que era de separação e mantinha o pecador distante, rompeu-se de alto a baixo e um Novo e Vivo Caminho foi aberto no véu de sua carne. Aleluia! Já não há mais separação, pois o Cordeiro foi morto e com seu sangue, na sua morte reconciliou e o Deus saiu ao encontro do pecador para lhe dar o perdão e vida eterna! Bendito é o Nome do Senhor! Aleluia!

Agora, o chamado, o convite daquele que é, que era e que há de vir: "Vinde a mim todos vos que estais cansados... Quem tem sede venha a mim e beba de graça..."
Agora, o Advogado Fiel e Salvador Bendito, que convida e salva por amor de Seu Nome...
Mas naquele dia, muito em breve... o Justo Juiz, que dará a cada um o fim que desejaram. 
"Filho do homem, profetiza, e dize: Assim diz o Senhor Deus: Gemei: Ah! Aquele dia! Porque está perto o dia, sim, está perto o dia do Senhor; dia nublado; será o tempo dos gentios." Ezequiel 30:2-3.

"Aquele dia será um dia de indignação, dia de tribulação e de angústia, dia de alvoroço e de assolação, dia de trevas e de escuridão, dia de nuvens e de densas trevas," Sofonias 1:5.

"PORQUE eis que aquele dia vem ardendo como fornalha; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como a palha; e o dia que está para vir os abrasará, diz o Senhor dos Exércitos, de sorte que lhes não deixará nem raiz nem ramo." Malaquias 4:1.


Como escaparemos nós? 
"Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram;" Hebreus 2:3.

"Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra... Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerros da estrebaria." Oseias 6 e Malaquias 4.


Jesus Cura e liberta no sábado e é criticado pela religião.

"E ensinava no sábado, numa das sinagogas. E eis que estava ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; e andava curvada, e não podia de modo algum endireitar-se.
E, vendo-a Jesus, chamou-a a si, e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade. E pôs as mãos sobre ela, e logo se endireitou, e glorificava a Deus.
E, tomando a palavra o príncipe da sinagoga, indignado porque Jesus curava no sábado, disse à multidão: Seis dias há em que é mister trabalhar; nestes, pois, vinde para serdes curados, e não no dia de sábado. 
Respondeu-lhe, porém, o Senhor, e disse: Hipócrita, no sábado não desprende da manjedoura cada um de vós o seu boi, ou jumento, e não o leva a beber? E não convinha soltar desta prisão, no dia de sábado, esta filha de Abraão, a qual há dezoito anos Satanás tinha presa?
E, dizendo ele isto, todos os seus adversários ficaram envergonhados, e todo o povo se alegrava por todas as coisas gloriosas que eram feitas por ele." Lucas 10:10-17.

O Sacrifício Contínuo será tirado da terra.

"Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado..." 2 Tessalonicenses  2.


O Sacrifício Contínuo -

A Bíblia Sagrada.
O "sacrifício contínuo" impede a chegada do tempo da "abominação desoladora"?
O que é o "sacrifício contínuo" que será tirado? 
Por quem será tirado o "sacrifício contínuo" e quem tem o poder para o fazer? 
Não se trata dos sacrifícios que se oferecem segundo a Lei, que são figuras do
Verdadeiro e não são contínuos; Já passaram, Graças a Deus. Deus não se agradou daqueles sacrifícios e ficou saturado deles... (Leia Isaías 1:11).

“Sacrifício e oferta não quiseste; os meus ouvidos abriste; holocausto e expiação pelo pecado não reclamaste.” Salmos 40:6.


O Corpo de Jesus Cristo -

A Igreja é o Corpo de Jesus Cristo que na comunhão contínua na carne e no sangue do Cordeiro, como verdadeiros adoradores em Espírito e em Verdade, o fogo ardendo continuamente sobre o altar e Casa de Oração, anuncia a morte do Cordeiro até que Ele venha; A adoração da Igreja em Espírito e em Verdade, na comunhão na carne e no sangue de Jesus Cristo,  o Filho e Cordeiro de Deus, está para Deus como o sacrifício contínuo em cheiro suave. Aleluia.
Assim sendo, "o cessar; ou o  sacrifício contínuo ser tirado" ou o ser tirado trata-se do Arrebatamento da Igreja que é o maior sinal para Israel. Aleluia. E é também a liberação do planeta terra para a "instauração da Grande Babilônia". A Grande Babilônia é a resultante da fusão do Catolicismo Romano (Religião Estado) com a Igreja Apóstata que há muito perdeu a visão do Céu e da eternidade.

Está escrito:

"E braços serão colocados sobre ele, que profanarão o santuário e a fortaleza, e tirarão o sacrifício contínuo, estabelecendo abominação desoladora." Daniel 11:31.
"E desde o tempo em que o sacrifício contínuo for tirado, e posta a abominação desoladora, haverá mil duzentos e noventa dias." Daniel 12:11.

"PORQUE tendo a lei a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam. Doutra maneira, teriam deixado de se oferecer, porque, purificados uma vez os ministrantes, nunca mais teriam consciência de pecado. Nesses sacrifícios, porém, cada ano se faz comemoração dos pecados, Porque é impossível que o sangue dos touros e dos bodes tire os pecados. Por isso, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, mas corpo me preparaste; Holocaustos e oblações pelo pecado não te agradaram. Então disse: Eis aqui venho (No princípio do livro está escrito de mim), para fazer, ó Deus, a tua vontade. 

Como acima diz: Sacrifício e oferta, e holocaustos e oblações pelo pecado não quiseste, nem te agradaram (os quais se oferecem segundo a lei). Então disse: Eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo. Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez. 

E assim todo o sacerdote aparece cada dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar os pecados; Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus..." Hebreus 10. 

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Por amor de Jerusalém!


"Porém Sião diz: Já me desamparou o Senhor, e o meu Senhor se esqueceu de mim. 
Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti. 
Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim. 

Jerusalém! Jerusalém!
Os teus filhos pressurosamente virão, mas os teus destruidores e os teus assoladores sairão do meio de ti." Isaías 49:14-17.

Isaías 62 -
1 POR amor de Sião não me calarei, e por amor de Jerusalém não me aquietarei, até que saia a sua justiça como um resplendor, e a sua salvação como uma tocha acesa.
2 E os gentios verão a tua justiça, e todos os reis a tua glória; e chamar-te-ão por um nome novo, que a boca do Senhor designará.
3 E serás uma coroa de glória na mão do Senhor, e um diadema real na mão do teu Deus.
4 Nunca mais te chamarão: Desamparada, nem a tua terra se denominará jamais: Assolada; mas chamar-te-ão: O meu prazer está nela, e à tua terra: A casada; porque o Senhor se agrada de ti, e a tua terra se casará.
5 Porque, como o jovem se casa com a virgem, assim teus filhos se casarão contigo; e como o noivo se alegra da noiva, assim se alegrará de ti o teu Deus.
6 Ó Jerusalém, sobre os teus muros pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; ó vós, os que fazeis lembrar ao Senhor, não haja descanso em vós,
7 Nem deis a ele descanso, até que confirme, e até que ponha a Jerusalém por louvor na terra.
8 Jurou o Senhor pela sua mão direita, e pelo braço da sua força: Nunca mais darei o teu trigo por comida aos teus inimigos, nem os estrangeiros beberão o teu mosto, em que trabalhaste.
9 Mas os que o ajuntarem o comerão, e louvarão ao Senhor; e os que o colherem beberão nos átrios do meu santuário.
10 Passai, passai pelas portas; preparai o caminho ao povo; aplainai, aplainai a estrada, limpai- a das pedras; arvorai a bandeira aos povos.
11 Eis que o Senhor fez ouvir até às extremidades da terra: Dizei à filha de Sião: Eis que vem a tua salvação; eis que com ele vem o seu galardão, e a sua obra diante dele.
12 E chamar-lhes-ão: Povo santo, remidos do Senhor; e tu serás chamada: Procurada, a cidade não desamparada.

"NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez... E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade." João 1.


Jesus Cristo - O Nome sobre todo nome.

"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o governo está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz." Isaías 9:6.

Filipenses 2.


1 PORTANTO, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões,
2 Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa.
3 Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.
4 Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.
5 De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
6 Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
7 Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
8 E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo
Linda figura da obra do calvário.
obediente até à morte, e morte de cruz.
9 Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;
10 Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
11 E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.
12 De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor;
13 Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.
14 Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas;
15 Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo;
16 Retendo a palavra da vida, para que no dia de Cristo possa gloriar-me de não ter corrido nem trabalhado em vão...