Pesquisar este blog

sábado, 24 de novembro de 2012

A Rocha de Israel.

“E, chegando Jesus às partes de Cesaréia de Filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem? E eles disseram: Uns, João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias, ou um dos profetas.


Olha os personagens apresentados aqui e os consideremos em relação a Pedro. João o Batista MAIOR que Pedro e maior do que todos os nascidos de mulher, e Elias = Carro de fogo.


Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou? (Imaginemos aqui Pedro respondendo á pergunta do Senhor: Tu és o Cristo o filho da Mãe Maria e etc.) O que o Senhor diria a Pedro? Aqui vou deixar o leitor responder.
O mel saído da rocha.
“Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou? E Simão Pedro, respondendo, disse:Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.


Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.” Mateus 16:13-19

Analisando o texto.

“eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra (Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.) edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela...“Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.” 1ª Corintios 3:11.


“Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina;” Efésios 2:20.


A chave foi dada á igreja Edificada sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina


E os remidos do Senhor, resgatados pelo seu sangue nas palavras o próprio Apostolo Pedro: “E, chegando-vos para ele, pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo.” 1ª Pedro 2:4-5.
Um exemplo maravilhoso da chave do reino do céu em ação e a igreja casa espiritual e sacerdócio santo, perdoando pecados está na experiência de Estevão que ao ser apedrejado intercedeu  e fechou a porta do inferno e abriu a do Céu para Saulo que foi transformado em Paulo.
 Para entender melhor: Jesus o Fundamento e Pedra Angular = A Cabeça; Igreja Santa, composta crentes renascidos pedras vivas que são os seus  membros  = O Corpo.
Ele morreu , ressuscitou, subiu ao céu e está na destra do Pai Nosso que está no Céu (Mateus 23:9) intercede pelo seu corpo Igreja Santa porém composta de homens falhos e pecadores, que não podem nada sem Ele (João 15:5) mas que movidas pelo seu Espírito e Voz, em perfeita comunhão como estevão que diante das pedra não baixou a cabeça  mas olhou firme para o alto e viu a Jesus pronto para recebê-lo e intercedeu por seus algozes dizendo para Jesus o Autor e Consumador da fé:“Senhor Jesus não lhes imputes esse pecado”.
Observemos que Estevão não se dirige aos seus algozes para lhes perdoar aquele pecado, o que não lhe cabia e nem cabe a homem nenhum, pois as escrituras não se contradizem. Ele membro do corpo de Jesus, em comunhão íntima com a cabeça Jesus intercede por todos e o Senhor o ouve e salva Saulo de Tarso.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Onde está o Rei dos Judeus?


Onde está aquele que é nascido Rei dos Judeus?

“E, TENDO nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.” Mateus 2:1-2.
Essa pergunta feita pelos três sábios do oriente a dois mil anos atrás tem hoje um significado profundo para toda a humanidade principalmente para Israel que aguarda o Reino de Deus e no particular para a Igreja do Senhor sobre a qual as portas do inferno não prevalecerão.
A Terra de Israel.
 Israel que tem e aguarda na promessa do Messias e que hoje vive sob as terríveis ameaças de aniquilação e destruição; em pranto e lamentos clamam e gemem: “onde está o Messias de Israel e Nosso Rei?”
Parecendo abandonados pelo Seu Todo Poderoso Deus, e sendo considerado por muitos como um tumor cancerígeno que precisa ser desarraigado da terra para o bem da Nova Ordem Mundial; Israel, que até hoje apenas se defendeu, luta para sobreviver ou morrer com dignidade. (MAS ESTE NÃO É O PENSAMENTO DO SENHOR DEUS TODO PODEROSO QUE CRIOU ISRAEL E É O GUARDA DE ISRAEL)Porque assim diz o Senhor: “Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.” Jeremias 29:11.
O cerco se fecha sobre Israel e as forças se acabam. Para os amigos e aliados vem a questão: Será que compensa estar ao lado de Israel? E se os seus inimigos tiverem razão? Zacarias 12 a 14.

A linda e reveladora história de José, filho de Jacó...

“Eu sou Jesus a quem tu persegues e duro é para ti o Israel recalcitrar contra os teus aguilhões”. Atos 9:4-5.
Está chegando a hora. Bendita e maravilhosa hora da restauração de Israel. “Abraão viu o Meu Dia e se alegrou...”. João 8:56-59.
No seu humilde nascimento o Messias de Israel foi visitado por pastores e sábios. Perseguido por Herodes, foge e é recebido e acolhido no Egito. Com a morte de Herodes, retorna para os seus e para sua terra e como humilde carpinteiro é perseguido pelos seus irmãos e por inveja é morto pela religião fermentada da hipocrisia onde se “coava um mosquito, mas se engolia um camelo”. Mateus 23:24.
Todavia, louvado seja o Senhor Todo Poderoso e Deus de Israel, pois a história se repete literalmente à semelhança da história de José, filho de Jacó, filho de Israel, de Isaque e de Abraão.
Por inveja José foi ferido, dado por morto e vendido por seus irmãos, que mentiram para Israel, para Jacó; mentiram para Abraão. Mentiram e trouxeram tristeza para o coração daquele que possuía a promessa, dizendo que José estava morto. “Então tomaram a túnica de José, e mataram um cabrito, e tingiram a túnica no sangue. E enviaram a túnica de várias cores, mandando levá-la a seu pai, e disseram: Temos achado esta túnica; conhece agora se esta será ou não a túnica de teu filho. E conheceu-a, e disse: É a túnica de meu filho; uma fera o comeu; certamente José foi despedaçado. Então Jacó rasgou as suas vestes, pôs saco sobre os seus lombos e lamentou a seu filho muitos dias.” Gênesis 37:31-34.
Mas aquele humilhado José foi recebido e aclamado no Egito e entre as nações de então, como provedor e salvador do mundo. E no tempo da adversidade, aflição e fome de Jacó, veio as boas novas de que no Egito havia pão com abundância. E o socorro para a Casa de Israel veio através daquele que fora desprezado e dado como morto, mas que reinava e vivia em glória no Egito e sobre todos os povos.
Foi aquele José que fora humilhado pelos seus na cova e no cárcere que se levantou como socorro bem presente na hora da angustia para manter viva e acessa a Chama de Israel. Aleluia. Gênesis 37 a 50. Salmos 46.

Assim foi, assim é e assim será; Pois aquele que foi rejeitado, ferido e humilhado e que por mentira foi dado como morto pelos seus irmãos (Ele Vive e é o Vivente) foi recebido, crido e exaltado sobre as nações e reina Soberano no Céu. E no tempo da maior aflição de Jacó, de Israel, se levantará e virá em seu socorro nas nuvens dos céus com os seus santos em poder e grande glória. “Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.” Mateus 24:30. “E, quando iam, eis que alguns da guarda, chegando à cidade, anunciaram aos príncipes dos sacerdotes todas as coisas que haviam acontecido. E, congregados eles com os anciãos, e tomando conselho entre si, deram muito dinheiro aos soldados, Dizendo: Dizei: Vieram de noite os seus discípulos e, dormindo nós, o furtaram. E, se isto chegar a ser ouvido pelo presidente, nós o persuadiremos, e vos poremos em segurança. E eles, recebendo o dinheiro, fizeram como estavam instruídos. E foi divulgado este dito entre os judeus, até ao dia de hoje.” Mateus 28;11-15.

Onde está aquele que é nascido Rei dos Judeus?

A Terra.
Ele o Senhor que é Maravilhoso está reinando no coração dos humildes e contritos que creem nele segundo as Escrituras e está assentado no trono celestial e breve e oportunamente se levantará em favor de seu Povo de Israel. Isaías 57:15.
“E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões.” Atos 9:4-5.
“Pois me rodearam cães; o ajuntamento de malfeitores me cercou, traspassaram-me as mãos e os pés.” Salmos 22:16.
“Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e pranteá-lo-ão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito.”  Zacarias 12:10.
“E outra vez diz a Escritura: Verão aquele que traspassaram.” João 19:37.
“Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.” Apocalipse 1:7.