Pesquisar este blog

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Retiro 2015 Sábado 1ª parte

Por Trás da Mídia Mundial: Como o Vaticano criou o Islã

Por Trás da Mídia Mundial: Como o Vaticano criou o Islã: A história extraordinária de um sacerdote ex-jesuíta, Alberto Rivera, que foi contado a ele pelo Cardinal Bea enquanto ele estava no Vatica...

Restauração de Israel - O Plano Infalível de Deus!

"Assim diz o Senhor, Rei de Israel, e seu Redentor, o Senhor dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus... Dá-me ouvidos, ó Jacó, e tu, ó Israel, a quem chamei; eu sou o mesmo, eu o primeiro, eu também o último."  Isaías 44:6; 48:12.

Estudo baseado nos capítulos 44 a 48 do Livro do Profeta Isaías. 

Bandeira do Estado de Israel.
A restauração de Israel é o plano do Deus Todo Poderoso, único Senhor e Salvador.
A Porta da Graça, aberta às nações por quase dois mil anos está se fechando e os olhos do Senhor, se voltarão com exclusividade sobre Israel.
O Apostolo Paulo nos capítulos de 9 a 11 da Carta aos Romanos, fala sobre a rejeição temporária dos Judeus, a admissão da Igreja de entre as nações e a restauração dos Judeus no final.

A Reconciliação do mundo -

"Porque, se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os mortos?" Romanos 11:15.

O que tem que ser observado aqui é que as nações receberam ao benção do Deus de Israel, que não mudou e não muda. 
Veja:
"Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade." João 4:22-24.

O Senhor Deus Todo Poderoso, Deus de Israel que se fez Salvador na pessoa de Seu Filho Jesus Cristo, sempre abominou a idolatria (Imagens de Escultura de Caráter Religioso) e Ele não mudou e não muda. O Deus que salva em qualquer nação aqueles que se voltarem para Ele pela fé, é o Deus de Israel, é o Leão da tribo de Judá.

A Palavra Profética - O Lamento de Deus.

No livro do Profeta Isaías a partir do capítulo 44 ao 48, o Senhor Deus fala para Israel sobre a sua restauração por amor de Seu Grande Nome.
Fala da Bel (Babilônia) que já está abatida e de suas imagens de escultura que não tem nenhum valor.
O Senhor faz um lamento, ao dizer que Ele mesmo entregou o seu povo na mão da Babilônia (Dois mil anos de domínio Romano, Império Politico Religioso) 25 A.C).
Veja:
 "Muito me agastei contra o meu povo, profanei a minha herança, e os entreguei na tua mão; porém não usaste com eles de misericórdia, e até sobre os velhos fizeste muito pesado o teu jugo. E disseste: Eu serei senhora para sempre; até agora não te importaste com estas coisas, nem te lembraste do fim delas. Agora, pois, ouve isto, tu que és dada a prazeres, que habitas tão segura, que dizes no teu coração: Eu o sou, e fora de mim não há outra; não ficarei viúva, nem conhecerei a perda de filhos. Porém ambas estas coisas virão sobre ti num momento, no mesmo dia, perda de filhos e viuvez; em toda a sua plenitude virão sobre ti, por causa da multidão das tuas feitiçarias, e da grande abundância dos teus muitos encantamentos. Porque confiaste na tua maldade e disseste: Ninguém me pode ver; a tua sabedoria e o teu conhecimento, isso te fez desviar, e disseste no teu coração: Eu sou, e fora de mim não há outra." Isaías 47:6-10.

Quantos foram mortos nesses dois mil anos de domínio Romano só por serem Judeus!
O objetivo do Sistema Político Religioso de Roma foi desarraigar e substituir de vez o Povo Judeu e a cidade de Jerusalém.
Mas assim como o Senhor Seu Deus, Israel é insubstituível!


Vitimas do cruel Sistema Político Religioso.
Ousar dizer que o texto de Isaías é do Velho Testamento e sobre fatos que já passaram e que nada tem haver com nossos dias e consumação dos séculos, é ignorar a realidade bíblica e arrancá-lo do Livro de Apocalipse, onde o mesmo fato é apresentado na profecia. Tais fatos estão muito alem de uma simples figura de acontecimentos passados para aviso nosso. Trata-se da poderosa e maravilhosa Palavra Profética.
Veja: 
"E DEPOIS destas coisas vi descer do céu outro anjo, que tinha grande poder, e a terra foi iluminada com a sua glória. E clamou fortemente com grande voz, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e coito de todo espírito imundo, e coito de toda ave imunda e odiável. Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias.
E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas. Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniquidades dela. Tornai-lhe a dar como ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber, dai-lhe a ela em dobro. Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, foi-lhe outro tanto de tormento e pranto; porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o pranto. Portanto, num dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo; porque é forte o Senhor Deus que a julga." Apocalipse 18:1-8.

SHALOM ISRAEL: POR QUE TANTOS ODEIAM TANTO OS JUDEUS?

SHALOM ISRAEL: POR QUE TANTOS ODEIAM TANTO OS JUDEUS?: O ódio aos judeus é tão antigo quanto a sua própria existência. Mas por quê tanto ódio, em tantos países e em tantas ocasiões da Históri...

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

O Justo Viverá da Fé

"Os sábios são envergonhados, espantados e presos; eis que rejeitaram a palavra do Senhor; que sabedoria, pois, têm eles?" Jeremias 8:9.

 A fé vem pelo ouvir e o ouvir da Palavra de Deus e sem fé... é impossível abradar a Deus.

Disse Jesus: "Vinde a mim todos os que estais cansados
e oprimidos e eu vos aliviarei."
 Mateus 11:28.
Combater os efeitos sem observar a causa que o originou não é correto e sábio. O mal deve ser desarraigado pela raiz. "E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." Mateus 3:10.

Carta aos Romanos 1:16-32.

"Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego. Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé.


Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça. Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.

Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.

Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.


E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm; Estando cheios de toda a iniquidade  prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade; Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães; Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia; Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem."